Record põe ‘A Escrava Mãe’ na geladeira e reprisa ‘Rei Davi’ após o final de ‘Os Dez Mandamentos’

A Record voltou atrás quanto à novela que substituiria o sucesso ‘Os Dez Mandamentos’ e, em comunicado feito hoje, anunciou que ‘A Escrava Mãe’ não será mais exibida este ano. A novela havia sido confirmada como a que sucederia ‘Os Dez Mandamentos’ na faixa das 20h30, no entanto, foi decisão do próprio Edir Macedo, dono da emissora, dar prosseguimento à faixa bíblica até a ‘A Terra Prometida’, sua próxima novela religiosa, estar pronta para ir ao ar, no início de 2016.

‘A Escrava Mãe’ contaria a história pregressa de ‘Escrava Isaura’, explorando personagens como a mãe de Isaura e seu relacionamento com um senhor da nobreza. O elenco da produção vinha gravando desde abril, mas a narrativa da novela não agradou aos profissionais que viram suas primeiras cenas.

De acordo com a coluna de Daniel Castro, foi destacado que a linguagem de ‘A Escrava Mãe’ seria muito lenta para um público acostumado com a agitada trama de Moisés e Ramsés. Todos temiam uma fuga do público, portanto concordaram em um esforço em acelerar a produção de ‘A Terra Prometida’ e preencher o espaço entre uma novela e outra com a reprise da minissérie – também bíblica – ‘Rei Davi’, que conta com 29 capítulos.

Programação

A reapresentação de ‘Rei Davi’ terá início em 16 de novembro e dividirá a faixa com ‘Os Dez Mandamentos’, que terá entrado em sua reta final. ‘Rei Davi’ terá início às 20h30 e, a partir das 21h, poderemos acompanhar a finalização da saga de Moisés e os hebreus. O Jornal da Record passará a ser exibido às 22h.

Uma semana depois, ‘Os Dez Mandamentos’ já terá chegado ao fim e ‘Rei Davi’ seguirá sozinha segurando a audiência até a estreia de ‘A Terra Prometida’, que contará a história de Josué.

‘Rei Davi’

A minissérie ‘Rei Davi’ é uma superprodução da Record, apresentada no ano de 2012, que tem como protagonista Leonardo Brício e texto de Vivian de Oliveira, a autora de ‘Os Dez Mandamentos’.

A narrativa bíblica conta a história do pastor de ovelhas Davi, que derrotou o gigante Golias e se transformou em um homem valente e guerreiro, que conseguiu unir as 12 tribos de Israel e criar uma nação 1.000 anos antes de Cristo.