Brasileirão não para durante as Olimpíadas

Com a aproximação dos Jogos Olímpicos, um assunto polêmico volta a provocar discussões: o Campeonato Brasileiro não será paralisado durante o maior evento esportivo do mundo sediado no Brasil. Clubes que tiverem jogadores convocados para a seleção sub-23 ficarão desfalcados em pelo menos cinco partidas, entre os dias 3 e 21 de agosto.

Além disso, antes das Olimpíadas Rio 2016, acontece a Copa América Especial Centenário, entre os dias 8 e 26 de junho, nos Estados Unidos, o que também provocará desfalque de atletas em pelo menos seis jogos do Brasileirão. Alguns clubes poderão ainda ficar sem seus jogadores durante alguns amistosos da seleção e eliminatórias para a Copa do Mundo.

O calendário do futebol brasileiro foi divulgado em agosto do ano passado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e pode ser conferido neste link. Após um mês de pré-temporada, os Campeonatos Estaduais começarão neste fim de semana, com exceção do Cearense que iniciou no dia 16 de janeiro. Já as primeiras partidas da Série A e B do Brasileiro irão acontecer na segunda semana de maio.

Transmissão das Olimpíadas

E por falar em Olimpíadas, segundo Flávio Ricco, do Uol, a Bandeirantes caminha para ter uma das coberturas mais modestas já realizadas. A única novidade até agora é o retorno do jornalista Álvaro José, ex-Record.

Ao invés de deslocar equipes até o Rio de Janeiro, boa pare da competição será transmitida e comentada direto dos estúdios do Morumbi, em São Paulo. Apesar disso, a emissora garante que está com espaços reservados no Centro Internacional de Transmissão (IBC), na cidade maravilhosa.

Ainda de acordo com Ricco, a Bandeirantes também afirmou, por meio de comunicado, que várias reuniões de planejamento já foram realizadas. E promete o uso de tecnologia de ponta com cobertura em todos os seus veículos.

Enquanto isso, na Record pouco se fala sobre os jogos. A Globo, por sua vez, já tem escalado o Time de Ouro com grandes atletas que irão comentar as competições. Vale ressaltar que a emissora da família Marinho terá a tarefa de transmitir as Olimpíadas e o Brasileirão ao mesmo tempo.